Os animais de estimação são os melhores amigos das crianças. Eles amam crianças e gostam de sua companhia. Os animais de estimação proporcionam às crianças companheirismo, amor e segurança. Eles ensinam as crianças a amar e cuidar dos outros. Crianças que têm animais de estimação têm maior probabilidade de serem felizes e terem maior autoestima. Eles também são menos propensos a sofrer de ansiedade e depressão. Algumas das vantagens do ensaio sobre a conexão das crianças com animais de estimação são que elas ajudam as crianças a desenvolver empatia, podem fornecer companheirismo, podem ajudar as crianças a aprenderem a ter responsabilidade e podem ajudar as crianças a se sentirem amadas e seguras. Os animais de estimação podem ajudar as crianças a desenvolver empatia, ensinando-as a cuidar de outro ser vivo. Os animais de estimação podem proporcionar companhia sendo amigos constantes de uma criança. Os animais de estimação podem ajudar as crianças a aprenderem a ter responsabilidade, ensinando-as a cuidar de outra criatura viva. Os animais de estimação podem ajudar as crianças a se sentirem amadas e seguras, proporcionando-lhes um companheiro leal e amoroso.

A relação entre crianças e animais de estimação é longa e variada. Os animais de estimação proporcionam companhia e amor absoluto às crianças, que por sua vez muitas vezes prestam cuidado e atenção aos seus amigos peludos (ou às vezes escamosos). Esta relação simbiótica pode oferecer muitos benefícios para ambas as partes, incluindo aumento da atividade física, diminuição da solidão e da ansiedade e melhoria das habilidades sociais. Os animais de estimação também podem ensinar as crianças sobre o ciclo da vida e como lidar com a morte de um ente querido. Também podem inspirar empatia e responsabilidade nas crianças, que devem aprender a cuidar dos seus animais de estimação para mantê-los saudáveis e felizes. É claro que existem alguns riscos associados à criação de animais de estimação, incluindo o potencial de mordidas ou arranhões, alergias e propagação de doenças. No entanto, estes riscos podem ser minimizados escolhendo o animal de estimação certo para a sua família e ensinando as crianças a interagir de forma segura com o seu novo amigo peludo (ou escamoso).

Muitas pessoas acreditam que a ideia de expor crianças a animais de estimação é controversa. Algumas pessoas acreditam que é benéfico para as crianças serem expostas a animais de estimação, pois pode ensinar-lhes responsabilidade, empatia e outras habilidades importantes para a vida. Outros acreditam que os animais de estimação podem ser perigosos para as crianças e que as crianças não devem ser deixadas sozinhas com eles. Em última análise, a decisão de expor ou não as crianças aos animais de estimação é pessoal. Algumas crianças podem formar laços fortes com seus animais de estimação e vê-los como parte de seu círculo social, enquanto outras podem não ser tão apegadas e vê-los mais como propriedade. Em última análise, depende de cada criança e de como ela escolhe interagir com seu animal de estimação que determinará se e como sua vida social será afetada. Para algumas crianças, ter um animal de estimação pode proporcionar-lhes um sentimento de companheirismo e responsabilidade. Essas crianças podem se sentir mais confortáveis socializando com outras crianças que também têm animais de estimação, pois têm algo em comum para criar laços. Para outras crianças, ter um animal de estimação pode promover um sentimento de independência, à medida que aprendem a cuidar de outro ser vivo. Estas crianças podem ser mais propensas a participar em atividades por conta própria, como explorar o ar livre, e podem não sentir necessidade de estar perto de outras pessoas com tanta frequência.

Sobre o autor: Dra. Faith Whitehead; é veterinário e pesquisador licenciado.

pt_PTPT

Pin It on Pinterest

O Que Nossos Clientes Dizem
83 avaliações